A ansiedade é uma reação fisiológica natural do ser humano desde que tenha motivo, autolimite, não seja excessiva e nem constante. Caso contrário, é considerada uma patologia. Excesso de atribuições diárias e tempo escasso de descanso para o corpo e a mente são algumas das situações atuais mais comuns que estão diretamente relacionadas às crises de ansiedade e estão suscetíveis a qualquer pessoa.

Confira a seguir cinco dicas que podem ajudar no controle do problema e melhorar a sua qualidade de vida:

Preste atenção em si mesmo

O corpo fala e estar atento às reações produzidas por ele ajudam no processo de controle da ansiedade que tem a sudorese, taquicardia, falta de ar e dores no peito como os principais sintomas físicos. Nessas ocasiões, que são caracterizadas como ataque de pânico, é importante manter o controle e tentar entender de onde surgiu a reação. Isso porque o corpo dá os sinais acordo com os comandos da mente. O que te dá medo? O que te faz relaxar? Se observe e se conheça melhor para encontrar as respostas e ter mais controle sobre si mesmo.

Mantenha a rotina organizada

Se você já quis que o dia tivesse ao menos 36h, a chance de ter uma rotina atribulada é praticamente 100%. Na era onde tudo acontece ao mesmo tempo e agora, o dia a dia das pessoas está cada vez mais repleto de tarefas e compromissos, um gatilho em potencial para a ansiedade. Então, para melhorar a qualidade da sua rotina, procure organizar suas demandas diárias e otimizar o tempo, evitando sobrecarga desnecessária.

Reserve um tempo para si

Todo mundo precisa de um momento de calma e tranquilidade para manter-se equilibrado, reorganizar as ideias, pensamentos e refletir. Voltar os olhos para si, entrar em contato com o seu interior é necessário, saudável e ajuda a controlar a ansiedade.

Pratique atividades físicas

Natação, musculação, corrida, pilates, yoga. Não importa a atividade, movimente-se! Praticadas com regularidade, as atividades físicas estimulam o organismo a produzir endorfina, hormônio causador da sensação de bem estar, conhecido como “hormônio da felicidade”. Essa sensação faz com que os níveis de ansiedade sejam normalizados.

Atenção à respiração

Quando a pessoa está nervosa o ritmo da respiração fica mais rápido, descontrolado. Nesse momento é importante respirar calma e lentamente para que o corpo chegue ao estado de relaxamento. Foque suas atenções nos processos de inspiração e expiração. Inspirar em 3 segundos e expirar em 6 segundos durante 10 minutos por dia ajudam a controlar os níveis de ansiedade.

Leave a Comment