+55 71 99103.0603 contato@arcadiainsitute.com.br

A hipnose clínica é uma alternativa de tratamento terapêutico para variadas patologias físicas e emocionais, incluindo as dores crônicas e agudas. Segundo a Sociedade Brasileira para o Estudo da Dor (SBED), 37% dos brasileiros sofrem com dores crônicas, ou seja, mais de um terço da população, sendo as mulheres as mais atingidas.

Esse tipo específico de quadro clínico pode comprometer a saúde em aspectos gerais, afetando a qualidade de vida dos pacientes. Isso porque, apesar do uso de medicamentos, os sintomas permanecem por períodos extensos e com variações de intensidade, impossibilitando a realização de atividades rotineiras como subir e descer escadas, pentear os cabelos ou fazer exercícios físicos.

A comunicação hipnótica é utilizada nesses casos, entre outras coisas, para anestesia (ausência de sensações) e analgesia (ausência da dor). Assim, o paciente consegue relaxar a ponto de permitir que o profissional tenha acesso ao seu inconsciente e fazer sugestões que contribuam para o alívio da dor física ou para o seu desaparecimento. Em casos psicológicos, como a perda de um ente querido, o hipnoterapeuta age ressignificando esse trauma, dando um novo sentido à experiência vivida e solucionando o problema.

A tensão, por exemplo, é uma característica comum em situações de dor, alterando a respiração e a frequência cardíaca, agravando as sensações desconfortáveis. Como podem acontecer a qualquer momento e em qualquer lugar, é interessante e fundamental que o paciente aprenda técnicas de auto-hipnose para ter o controle da situação. Pessoas que sofrem de enxaqueca, cólicas menstruais intensas, dores provenientes de tratamentos oncológicos e fibromialgia são alguns exemplos.

É durante as sessões (o número pode variar de acordo com cada caso), que o hipnoterapeuta ensina técnicas de auto-hipnose para serem exercitadas no dia a dia do paciente e potencializar os resultados. Tem um exercício fácil e eficaz: o dos olhos fixos. Confira o passo a passo:

  1. Esteja com roupas confortáveis, sem sapatos e sente-se em uma cadeira com as mãos sobre as pernas e os pés fixos ao chão. Não é recomendado fazer o procedimento com lentes de contato nem após as principais refeições.
  2. Movimente a cabeça em direção ao teto, escolha um ponto e fixe até que a visão fique embaçada, sempre respirando profundamente, segurando um pouco o ar e expirando na sequência.
  3. Permita-se relaxar sobre a cadeira e, em seguida, conte de cinco a zero. Isso mesmo. Faça uma contagem regressiva mentalmente e da forma mais tranquila que for capaz dizendo a si mesmo que, a cada segundo, está mais relaxado. Quando concluir, permaneça em estado de relaxamento e concentrado em sua respiração até se sentir melhor.
  4. Para finalizar faça uma nova contagem, dessa vez em ordem crescente e de forma enérgica, repetindo para si que está saindo do estado de relaxamento e retornando ao estado consciente. Ao terminar, abra os olhos e movimente o corpo como se estivesse espreguiçando.

Se não conseguir êxito total na primeira tentativa, não desanime! À medida que for repetindo, dia após dia, o corpo ficará cada vez mais relaxado. E lembre-se: a auto-hipnose potencializa o acompanhamento realizado em consultório por um profissional.

X